Noticias Conhecendo mais


Com entrada franca, grupos folclóricos e shows são as atrações de hoje no Festival Nipo-Brasileiro

 

Fábio Guillen, assessoria de imprensa


Os portões do 26º Festival Nipo-Brasileiro estarão abertos nesta segunda-feira, feriado da independência, sem cobrança de ingresso dos visitantes. Primeiro, os portões abrem entre as 11h e 15h para o almoço e, depois, a partir das 19h. No horário do almoço os portões são liberados incluindo o estacionamento.

 

Na programação artística do festival, grupos folclóricos da Associação Cultural e Esportiva de Maringá (Acema), Grupo Saikyou Yosakoi Soran, show musical e a Cia de Danças Ucranianas Verkovena. O grupo Saikyou, da Acema, é formado por 100 integrantes, com idades entre 5 e 25 anos, que coleciona prêmios. Dentre eles, o título de campeão geral do 10º Festival Yosakoi Soran Brasil, realizado em São Paulo, em 2012.

 

 

Pavilhão Comercial é oportunidade de negócios

 

Andando pelo pavilhão comercial é possível encontrar cocadas, artesanato, carros, estande de venda de imóveis, instituições financeiras, lojas de decoração, acabamentos para construção civil, doces de Portugal, dentre várias outras opções. O pavilhão está repleto de opções e os expositores estão na expectativa de fechar bons negócios.

 

Pavilhão Gastronômico

 

A gastronomia do Festival Nipo-Brasileiro é um dos grandes atrativos da festa. Milhares de pessoas viajam para Maringá justamente para experimentar os deliciosos pratos feitos especialmente por voluntários.  E no pavilhão gastronômico cerca de 1,5 mil voluntários da Acema e de quatro entidades beneficentes vão se revezar no preparo de pratos típicos da culinária japonesa. Entre as opções oferecidas estão yakisoba, yakimeshi, tempura, sushi, sashimi e teppan-yaki.

 

O dinheiro arrecadado no pavilhão será destinado a cinco entidades assistenciais que mantém projetos sociais importantes em Maringá: Acema, Nishi-Honganji, Wajunkai, Seichô-no-Iê e Centro Cultural São Francisco Xavier.


 




Copyright © Site Festival Nipo Brasileiro Desenvolvido por Osmar Loureiro 2015