Noticias Conhecendo mais



Festival Nipo-Brasileiro será palco de magia e ilusionismo nesta terça

 

Fábio Guillen, assessoria de imprensa 05/09/2017


O mundo do impossível e inusitado vai invadir Maringá nesta terça-feira, dia 5, com a chegada do mágico e ilusionista Gui Parras, que se apresenta às 21h30, no 28º Festival Nipo-Brasileiro. Parras iniciou sua carreira artística em 2008 fazendo mágicas em Curitiba como hobby. Depois de se formar em Publicidade e Propaganda, se especializou em mágica para empresas e já se apresentou nas maiores multinacionais que atuam no Brasil. 

 

Gui Parras trabalha com a mágica do tipo "close-up", que é de perto, de proximidade e com objetos menores. "Geralmente caminho pelo ambiente passando perto das pessoas para que todos tenham interação com a mágica que estou fazendo", comentou.

 

O mágico já participou de vários congressos internacionais e, também, já estudou e trabalhou com os maiores nomes da mágica no mundo, onde aprimorou inúmeras técnicas. "O público do Festival pode esperar muita interação na apresentação de hoje. Por ser um palco, pretendo chamar algumas pessoas pra subir e ver tudo de perto", acrescentou.  

 

Ainda nesta terça-feira, os visitantes terão a oportunidade de assistir à apresentação do Grupo Folclórico da Acema (20h), do Maringá Country Cia de Dança (20h30) e ao show musical com os cantores da Acema (20h45).

 

Pavilhão Gastronômico tem novidade deliciosa

Uma das novidades do Festival é o lançamento do "Kakogawa Katsumeshi", prato típico da cidade de Kakogawa, no Japão, que é co-irmã de Maringá há 44 anos. Trata-se de um prato a base de arroz, carne à milanesa com acompanhamento de repolho grelhado e um molho demi-glace. Os visitantes estão amando essa delícia que está no Pavilhão Gastronômico.

 

Ao todo, são cerca de 1,6 mil voluntários da Acema e de quatro entidades beneficentes que se revezam no preparo de outros pratos típicos da culinária japonesa. Entre as opções oferecidas estão yakisoba, yakimeshi, tempura, sushi, sashimi e teppan-yaki.

O dinheiro arrecadado no pavilhão será destinado a quatro entidades assistenciais que mantém projetos sociais importantes em Maringá: Nishi-Honganji, Wajunkai, Seichô-no-Iê e Centro Cultural São Francisco Xavier.

 

Horários de funcionamento

O 28º Festival Nipo-Brasileiro estará de portas abertas ao público até o dia 10 de setembro. Até o dia 9 a abertura dos portões será a partir das 19 horas. Nos dias 7 (feriado), 9 e 10 será servido almoço e, por isso, os portões abrem, também, das 12h às 15 horas. No horário do almoço os portões são liberados incluindo o estacionamento.

 

Valor do Ingresso

O valor da entrada para o 28º Festival Nipo-Brasileiro custa R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia). Hoje é o último dia de entrada gratuita. O estacionamento nas dependências da Acema custa R$ 15.

 

Programação

Para ter acesso a programação completa do 28º Festival Nipo-Brasileiro clique na aba programação e fique por dentro de tudo o que vai acontecer. 

 

Foto: Divulgação





Copyright © Site Festival Nipo Brasileiro Desenvolvido por Osmar Loureiro 2015