Noticias Conhecendo mais


Pavilhão Cultural do Festival Nipo-Brasileiro é um pedacinho do Japão em Maringá


Fábio Guillen, assessoria de imprensa

Quem passa pelo Pavilhão Cultural do 26º Festival Nipo-Brasileiro se encanta com tanta arte e cultura japonesa em um só lugar. São bonsais raríssimos, alguns com mais de 50 anos, esculturas em madeira maciça, ikebana (aquelas flores dos templos budistas), origami (figuras feitas a partir da dobra de papéis), oficinas e informações sobre a escola de línguas da Associação Cultural e Esportiva de Maringá (Acema).

 

Para quem gosta de história e fotografia, tem ainda a exposição dos 120 anos de amizade entre Brasil e Japão. A médica Suely Franco Linhares, de Londrina, ficou deslumbrada com o que viu. “Estou apaixonada por um bonsai que tem a minha idade. Já tirei várias fotos e fiz um vídeo para mostrar para minhas amigas. Esse espaço ficou muito lindo”, explica.

 

As esculturas em madeira também chamam a atenção dos visitantes. São imagens sacras, animais, tudo feito com árvores condenadas que foram reaproveitadas e se tornaram obras de arte. Tudo foi produzido pelo artista maringaense Nariyoshi Isozaki, 55 anos. “É um trabalho 100% manual. Dependendo da escultura demoro até seis meses para terminar. É muito trabalhoso, mas quando termino uma obra fico orgulhoso”, acrescenta Isozaki.

 

Horários de funcionamento

O 26º Festival Nipo-Brasileiro estará de portas abertas ao público até 12 de setembro. Sempre a partir das 19 horas. Nos dias 12 (sábado) e 13 (domingo), será servido almoço e, por isso, os portões abrem também das 11h às 15 horas. No horário do almoço os portões são liberados incluindo o estacionamento.

 

Valor do Ingresso

O valor da entrada para o Festival Nipo-Brasileiro custa R$ 6 (preço inteiro) e R$ 3 (valor do meio ingresso).

 

Programação artística de hoje:

19h30: Bon Odori Tradicioal

20h30: Escola de Língua Japonesa da Acema

21h: Grupo Folclórico Alemão Grune Stadt

21h30: Grupo Saikyou Yosakoi Soran

22h: Matsuri Dance

 



 




Copyright © Site Festival Nipo Brasileiro Desenvolvido por Osmar Loureiro 2015